5 lugares para a prática do Turismo Ecológico em Búzios

5 lugares para a prática do Turismo Ecológico em Búzios

O que pouca gente sabe é que fora dos roteiros turísticos mais conhecidos existe uma parte dessa região ainda mais charmosa que os destinos óbvios. O Brasil é o país com maior biodiversidade do mundo e Búzios, com sua natureza abençoada, é um fiel reflexo desta condição e oferece interessantes opções para os amantes desta disciplina.

Búzios conta com morros e montanhas de exuberante vegetação, inundando os sentidos de natureza viva e palpitante. Hoje listamos os melhores 5 pontos de ecoturismo terrestre, para os amantes da natureza ou para quem cansou da praia e quer conhecer melhor o ecossistema da região.

lagoinha-450x193[1]Ponta da Lagoinha

Formada por rochas de mais de 520 milhões de anos, a Ponta da Lagoinha é a prova histórica de que Búzios já foi uma região com as mesmas características do Himalaia, um verdadeiro monumento geológico.

poca11-450x183[1]Poças das Tartarugas

Espetáculo raro da natureza, entalhes nas pedras e diques vulcânicos compõem poças e valas naturais para as águas do mar que caem formando uma exuberante cachoeira de água salgada com distintos níveis de queda.

emerencias31-450x183[1]Serra das Emerências

A Serra das Emerências é fatiada por trilhas que levam seus andarilhos pelos lugares mais inóspitos, explorando suas montanhas e encostas e proporcionando vistas alucinantes que dão a verdadeira noção da península.

mangue_de_pedra_-_creditos_ronald_pantoja1-400x300[1]Mangue de Pedra

Os mangues são considerados berçários naturais de várias espécies, daí sua grande importância para o ecossistema.O Mangue de Pedra tem implicações hidrogeológicas, ambientais e uma importância histórica singular por se tratar de área de quilombola.

apa51-400x300[1]APA do Pau Brasil

A APA do Pau Brasil abrange uma área de 9.940 hectares, compreendendo suas partes continental, insular e marítima. Insere-se na Região dos Lagos, em território localizado entre a Praia dos Tucuns, em Búzios, e o Canal do Itajuru, em Cabo Frio. Sua fauna possui mais de 2000 espécies e sua flora possui entre 1500 e 2500 espécies.